UNIPAZ - Universidade Internacional da Paz | Universidade Holística Internacional | Campus Rio de Janeiro


pontifexAPRESENTAÇÃO - Revista Pontifex: ciência, filosofia, arte e tradições sapienciais


Após 20 anos de experiência lançando luz sobre a integração dos saberes, através de reflexões e vivências, a Unipaz-RJ, apresenta a Revista Pontifex com a intenção de lançar pontes sobre todas as fronteiras estimulando o debate e a difusão de conhecimento em torno das transformações paradigmáticas da ciência em seus diferentes campos de atuação. É uma publicação centrada na Visão Holística, com foco na Abordagem Transdisciplinar. Sua tiragem será anual e dirigida para as quatro vias do saber humano: ciência, filosofia, arte e tradições espirituais, com ênfase na pesquisa qualitativa.

O nome , Pontifex é uma homenagem, no sentido de gratidão, a um francês que dedicou ao Brasil sessenta anos de sua existência, tendo sido reconhecido, através de diversos prêmios, por sua vasta obra. Ainda jovem, o francês Pierre Weil escolheu o Brasil para cumprir sua missão, nos ofertando um grande legado.

Pierre Weil nasceu em 1924, em Estrasburgo, Alsácia, distante apenas dois quilômetros da fronteira entre a França e a Alemanha. Quando criança, levado por seu pai para conhecer a fronteira, colocou um pé no lado da França e o outro no da Alemanha e, naquele momento, ficou registrado em sua memória que fronteiras só existiam nas mentes dos homens.

Um pouco mais tarde, o adolescente não foi poupado da mais cruel atrocidade do século XX, os horrores da Segunda Guerra Mundial, que deixou marcas indeléveis em seu sensível coração. Aos dezoito anos, quando as tropas alemãs invadiram sua cidade natal, Pierre foi obrigado a se refugiar na França. Como voluntário do movimento da Resistência Francesa, iniciou a sua atividade de educador, cuidando de jovens refugiados da guerra. Foi naquela ocasião que vislumbrou, caminhando em direção a uma ponte que seria explodida pelo movimento de resistência, a sua responsabilidade por um combate totalmente outro, destinado à causa da educação para a paz. No paradoxo desta vivência de destruição de uma ponte, despontava, naquele jovem, o ideal do Pontifex, o construtor de pontes sobre todas as fronteiras, fazendo disso sua missão!

Após a guerra, Pierre mudou-se para Paris, onde se iniciou nos rigores da ciência clássica. Formou-se em Psicologia e Educação, tendo tido grandes mestres, como Jean Piaget, André Rey, Henri Piéron, Anne Ancelin Schutzenberger, Igor Caruso e Jacob Lévy Moreno, entre outros. Também se formou em Psicopedagogia, na Universidade de Lion. Em Genebra, Suíça, estudou no Instituto das Ciências da Educação. Posteriormente, recebeu o título de Doutor em Psicologia, pela Universidade de Paris - Sorbonne, recebendo uma Menção Honrosa, por sua original tese sobre a Esfinge.

Fonte de indexação: Unipaz/RJ – www.unipazrj.org.br e www.revistapontifex.org.br

Copyright - Detentor dos direitos autorais: UNIPAZ-RJ